Palavra de Deus. Graça e luz em sua vida!

“Anunciar o Evangelho não é glória para mim; é uma obrigação que se me impõe. Ai de mim, se eu não anunciar o Evangelho!” [1Corintios 9 ,16] "Curta" a Página Deus em Minha Casa! https://www.facebook.com/DeusEmMinhaCasa

É Natal! Maria dá a luz

É importante celebrar o Natal começando com o grande Cântico de Nossa Senhora – O MAGNIFICAT. Por quê? Porque neste Cântico Maria celebra sua gravidez do Filho de Deus, nosso Salvador. Nesse Cântico ela torna público o segredo do Pai desde sempre e que o Pai deixou que o seu segredo fosse revelado por uma mulher – MARIA DE NAZARÉ. Celebrar o Natal é celebrar o primeiro sinal de vida humana como a nossa, e divina como a de Deus Pai, que se dá na pessoa de Jesus, no seio de Maria, onde ela o acolheu com tanto amor.

Em seu cântico do Magnificat, Maria de Nazaré proclama em alta voz, que, com a vinda de Jesus a este mundo, ela traz um novo nascimento, porque todas as pessoas humildes, famintas e excluídas de tudo, são saciadas e acolhidas. Quem pode saciar e acolher essas pessoas? É o Salvador que Maria traz para toda a humanidade – Jesus – o filho de Maria e o Filho de Deus, que traz o novo nascimento, atuando através de todas as pessoas de boa vontade, que se doam para os mais pobres. Trazendo Jesus como Salvador de toda a humanidade, Maria dá à luz um novo nascimento, uma nova vida e um novo modo de viver.

A nova vida trazida com o nascimento dado por Maria de Nazaré, ultrapassa o sentido que temos de vida terrena, sadia e feliz. Maria de Nazaré traz aquele que vai nos falar da fonte da vida que é Deus. A vida que vem de Deus não acaba com a morte, mas continua e se prolonga para além desta vida e nos introduz no mistério divino, que é a eternidade. A nova vida trazida pelo filho de Maria – Jesus – o Filho de Deus, é uma vida que não tem fim, ela é eterna e feliz. Jesus nos dá o testemunho desta vida ao instituir (= criar) o Grande Sacramento da Eucaristia – a Missa – dando-se em comida e bebida para todos nós. Esta é a nova vida trazida pelo filho de Maria e o Filho de Deus. Por isso, o momento alto do Natal é a Missa celebrada à noite, conhecida na liturgia, como “Missa da Meia-Noite” ou popularmente, também, como “Missa do Galo”, hoje celebrada em outros horários.

O novo modo de viver trazido pelo nascimento dado por Maria de Nazaré aparece claro nos Atos dos Apóstolos, quando Lucas nos conta que os Onze estavam reunidos com Maria e as outras mulheres, rezando e preparando-se para receber o Espírito Santo, no cenáculo. Vemos aqui a Igreja que nasce com homens e mulheres vivendo na comunhão. Este é um novo modo de viver, de se relacionar e de trabalhar juntos, com um mesmo objetivo: o de anunciar a Boa Nova do Reino e construí-lo de maneira que todos possamos viver bem e felizes nesta terra, para que este Reino trazido por Jesus se realize como vida plena, começando na terra e terminando no céu.

As “Marias” de hoje, que são todas as mulheres que trabalham na evangelização, na catequese de crianças e adultos, aquelas que trabalham em casa e fora de casa, acreditam que a nova Igreja fundada por Jesus Cristo, o filho de Deus, será assim: nova em seu nascimento, nova em sua vida e nova em seu modo de viver e se organizar como comunidade de fé. É a Nova Jerusalém terrena que aponta para a Jerusalém celeste.

Por tudo isso, somos pessoas agradecidas a Maria que nos trouxe tão grande Salvador e queremos nos inspirar nela para seguir os ensinamentos deixados por Jesus, que se fez criança, no Natal, para nos salvar para uma nova vida.

Por: Irmã Lina Boff

Um comentário:

Larissa disse...

Ola adorei seu post muito bem cirativo, estou lhe seguindo suas noticias aki e no dihitt,
lhe desejo um parabens pelo blogger e sucessos...
meu blogger e ...
Jogos Para Celular
da uma olhadinha ou até mesmo curti no faceboobk... bjinhos