Palavra de Deus. Graça e luz em sua vida!

“Anunciar o Evangelho não é glória para mim; é uma obrigação que se me impõe. Ai de mim, se eu não anunciar o Evangelho!” [1Corintios 9 ,16] "Curta" a Página Deus em Minha Casa! https://www.facebook.com/DeusEmMinhaCasa

Aparição de Jesus na Galileia

Sexta-Feira
05 de Abril de 2013

Evangelho: (Jo 21,1-14)

Depois disso, tornou Jesus a manifestar-se aos seus discípulos junto ao lago de Tiberíades. Manifestou-se deste modo: Estavam juntos Simão Pedro, Tomé (chamado Dídimo), Natanael (que era de Caná da Galileia), os filhos de Zebedeu e outros dois dos seus discípulos. Disse-lhes Simão Pedro: "Vou pescar". Responderam-lhe eles: "Também nós vamos contigo". Partiram e entraram na barca. Naquela noite, porém, nada apanharam. Chegada a manhã, Jesus estava na praia. Todavia, os discípulos não o reconheceram. Perguntou-lhes Jesus: "Amigos, não tendes acaso alguma coisa para comer?”. – "Não”, responderam-lhe. Disse-lhes ele: "Lançai a rede ao lado direito da barca e achareis”. Lançaram-na, e já não podiam arrastá-la por causa da grande quantidade de peixes. Então aquele discípulo a quem Jesus amava, disse a Pedro: "É o Senhor!”. Quando Simão Pedro ouviu dizer que era o Senhor, cingiu-se com a túnica (porque estava nu) e lançou-se às águas. Os outros discípulos vieram na barca, arrastando a rede dos peixes (pois não estavam longe da terra, senão cerca de duzentos côvados). Ao saltarem em terra, viram umas brasas preparadas e um peixe em cima delas, e pão. Disse-lhes Jesus: "Trazei aqui alguns dos peixes que agora apanhastes". Subiu Simão Pedro e puxou a rede para a terra, cheia de cento e cinqüenta e três peixes grandes. Apesar de serem tantos, a rede não se rompeu. Disse-lhes Jesus: "Vinde, comei". Nenhum dos discípulos ousou perguntar-lhe: "Quem és tu?" -, pois bem sabiam que era o Senhor. Jesus aproximou-se, tomou o pão e lhos deu, e do mesmo modo o peixe. Era esta já a terceira vez que Jesus se manifestava aos seus discípulos, depois de ter ressuscitado.

Comentário: Este relato é uma cópia de outra narrativa sobre pesca milagrosa ocorrida na vida de Jesus. O fato de que, depois da ressurreição, os discípulos voltassem à sua antiga vida fala do seu desânimo, de sua falta de fé. Novamente a pesca durante toda a noite, contando só com a força dos pescadores, foi inútil. A presença de Jesus faz que a pesca se multiplique. Ao terminar, Jesus lhes dá de comer – de novo a Eucaristia. Os discípulos o reconhecem. Novamente Jesus os tira da sua velha vida para uma nova e os pescadores se transformam em apóstolos.

Oração: Senhor Jesus, tudo fizeste para reunir em comunidade fraterna vossos discípulos e discípulas. Isso transformou a vida deles e pode transformar a nossa. Ajudai-nos a deixar o egoísmo que nos isola, e a formar comunidade ao vosso redor. Isso fará nossa felicidade, e poderemos ser fatores de salvação e esperança para tantos que ainda não descobriram vosso jeito certo de viver. Amém.

Nenhum comentário: