Palavra de Deus. Graça e luz em sua vida!

“Anunciar o Evangelho não é glória para mim; é uma obrigação que se me impõe. Ai de mim, se eu não anunciar o Evangelho!” [1Corintios 9 ,16] "Curta" a Página Deus em Minha Casa! https://www.facebook.com/DeusEmMinhaCasa

O pão que dá vida sempre

Quinta-Feira
18 de Abril de 2013

Evangelho: (Jo 6,44-51)

"Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o atrair; e eu hei de ressuscitá-lo no último dia. Está escrito nos profetas: Todos serão ensinados por Deus (Is 54,13). Assim, todo aquele que ouviu o Pai e foi por ele instruído vem a mim. Não que alguém tenha visto o Pai, pois só aquele que vem de Deus, esse é que viu o Pai. Em verdade, em verdade vos digo: quem crê em mim tem a vida eterna. Eu sou o pão da vida. Vossos pais, no deserto, comeram o maná e morreram. Este é o pão que desceu do céu, para que não morra todo aquele que dele comer. Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão, que eu hei de dar, é a minha carne para a salvação do mundo”.

Comentário: Jesus se dirige aos judeus. Procura convencê-los de que diante deles se abre um novo futuro, um futuro de vida e esperança. Basta que abram os ouvidos e escutem sua mensagem. Entenderão então que é a vida eterna, a grandeza do amor de Deus. Hoje se dirige a nós e nos lança a mesma mensagem. Teremos futuro, vida, salvação contanto que abramos os ouvidos, saiamos de nosso pequeno mundo, sejamos menos egoístas e escutemos sua voz. Porque "aquele que crê tem a vida eterna”. Dia após dia precisamos abrir os ouvidos, escutar Jesus e colocar em prática sua mensagem de amor. Então teremos a vida eterna.

Oração: Senhor Jesus, creio que só vós podeis dar-me a vida nova, só vós podeis alimentar essa vida em mim e levá-la à plenitude. Entrego-me a vós que vos entregastes por mim, para que me transformeis e me unais cada vez mais a vós. Fazei crescer em mim essa vida nova, na fé, na esperança e na caridade. Se vos tenho, e mais ainda se me tendes, nada falta para mim nesta vida. Amém.

Nenhum comentário: