Palavra de Deus. Graça e luz em sua vida!

“Anunciar o Evangelho não é glória para mim; é uma obrigação que se me impõe. Ai de mim, se eu não anunciar o Evangelho!” [1Corintios 9 ,16] "Curta" a Página Deus em Minha Casa! https://www.facebook.com/DeusEmMinhaCasa

O servo escolhido de Deus

Sábado
20 de Julho de 2013

Evangelho: (Mt 12,14-21)

Os fariseus saíram dali e deliberaram sobre os meios de o matar. Jesus soube disso e afastou-se daquele lugar.

Uma grande multidão o seguiu, e ele curou todos os seus doentes. Proibia-lhes formalmente falar disso, para que se cumprisse o anunciado pelo profeta Isaías: "Eis o meu servo a quem escolhi, meu bem-amado em quem minha alma pôs toda sua afeição. Farei repousar sobre ele o meu Espírito e ele anunciará a justiça aos pagãos. Ele não disputará, não elevará sua voz; ninguém ouvirá sua voz nas praças públicas. Não quebrará o caniço rachado, nem apagará a mecha que ainda fumega, até que faça triunfar a justiça. Em seu nome as nações pagãs porão sua esperança". (Is 42,1-4)

Comentário: Jesus não veio à terra para buscar a sua glória ou a sua promoção pessoal. Ele veio como o servo de Deus para garantir, por uma vida de serviço e, principalmente, pela sua paixão e morte de cruz, a salvação para todas as pessoas. Com isso, Jesus é aquele que cumpre todas as promessas feitas por Deus durante todo o antigo Testamento. Ele vai, não pela glória, pela arrogância e pelo poder, mas pelo amor, pela misericórdia e pelo serviço, realizar o projeto de Deus e nos mostrar novos valores que devem nortear as nossas vidas, tornando-se ao mesmo tempo modelo para todas as pessoas e a esperança de todas as nações. (Liturgia CNBB)

Oração: Senhor Jesus, quero seguir-vos como discípulo e viver do vosso jeito. Dai-me um pouco da vossa mansidão corajosa, e da vossa paciência com os que me parecem caminhar muito lentamente. Fazei-me paciente, mas também insistente, para conquistar muitos para vós. Quanto a mim, confio em vossa bondade misericordiosa, confio que me havereis de perdoar apesar de minha miséria. Amém.

Nenhum comentário: