Palavra de Deus. Graça e luz em sua vida!

“Anunciar o Evangelho não é glória para mim; é uma obrigação que se me impõe. Ai de mim, se eu não anunciar o Evangelho!” [1Corintios 9 ,16] "Curta" a Página Deus em Minha Casa! https://www.facebook.com/DeusEmMinhaCasa

Jesus é o senhor do sábado

Segunda-Feira
09 de Setembro de 2013

Evangelho: (Lc 6,6-11)

Em outro dia de sábado, Jesus entrou na sinagoga e ensinava. Achava-se ali um homem que tinha a mão direita seca. Ora, os escribas e os fariseus observavam Jesus para ver se ele curaria no dia de sábado. Eles teriam então pretexto para acusá-lo. Mas Jesus conhecia os pensamentos deles e disse ao homem que tinha a mão seca: "Levanta-te e põe-te em pé, aqui no meio". Ele se levantou e ficou em pé. Disse-lhes Jesus: "Pergunto-vos se no sábado é permitido fazer o bem ou o mal; salvar a vida, ou deixá-la perecer". E relanceando os olhos sobre todos, disse ao homem: "Estende tua mão". Ele a estendeu, e foi-lhe restabelecida a mão. Mas eles encheram-se de furor e indagavam uns aos outros o que fariam a Jesus.

Comentário: A malícia dos mestres da Lei e dos fariseus chocava-se com a determinação de Jesus de querer fazer sempre o bem. Embora soubesse que costumavam observá-lo, com a intenção de encontrar nele motivo para acusá-lo, o Mestre mantinha-se fiel ao querer do Pai. Estando a ensinar na sinagoga, em dia de sábado, Jesus deu-se conta da presença de um homem cuja mão direita estava seca. O aleijado não lhe pediu para curá-lo. Talvez estivesse escondendo esta mão, só para não ser observado. Para a mentalidade das pessoas daquele tempo, ter a mão direita nestas condições era mau sinal, porque o indivíduo só podia servir-se da mão esquerda, tida como a mão dos maus augúrios e das más ações. Era vergonhoso participar de uma assembléia litúrgica e, por conseguinte, estar diante de Deus, nestas condições. Por isso, a prudência aconselhava-o a manter-se discreto. A ordem recebida de levantar-se e colocar-se no meio da assembléia pegou-o de surpresa. Sua deficiência estava sendo posta em evidência. Em todo caso, o homem obedeceu, fazendo como o Mestre ordenara. Nova ordem: estender a mão. Em outras palavras, mostrar a todos sua condição vergonhosa. De novo, ele obedeceu. E eis que sua mão ficou sã. Sua vergonha foi superada. Ele ficara livre do estigma do mal. Os mestres da Lei e os fariseus ficaram insensíveis diante do bem realizado por Jesus. Movidos pelo ódio, começaram a discutir uma maneira de eliminá-lo, quando deveriam dar glórias a Deus por realizar maravilhas em favor da humanidade.

Oração: Senhor, tenho de vos procurar sempre e de vos colocar em primeiro lugar. Muitas vezes, porém, o jeito de vos procurar e de vos colocar em primeiro lugar é cuidando de meu próximo, e não fazendo longas orações. Ajudai-me a fazer o certo no momento certo, sem deixar a oração com falsas desculpas de ocupações, e sem descuidar de minhas obrigações com desculpas piedosas. Amém.

Nenhum comentário: