Palavra de Deus. Graça e luz em sua vida!

“Anunciar o Evangelho não é glória para mim; é uma obrigação que se me impõe. Ai de mim, se eu não anunciar o Evangelho!” [1Corintios 9 ,16] "Curta" a Página Deus em Minha Casa! https://www.facebook.com/DeusEmMinhaCasa

Fidelidade criativa à Palavra

Quarta-Feira
20 de Novembro de 2013

Evangelho: (Lc 19,11-28)

Jesus acrescentou uma parábola, porque estava perto de Jerusalém e eles pensavam que o Reino de Deus ia chegar logo.

Então Jesus disse: “Um homem nobre partiu para um país distante, a fim de ser coroado rei e depois voltar. Chamou então dez dos seus empregados, entregou cem moedas de prata a cada um e disse: “Procurai negociar até que eu volte”. Seus concidadãos, porém, o odiavam, e enviaram uma embaixada atrás dele, dizendo: “Nós não queremos que esse homem reine sobre nós”. Mas o homem foi coroado rei e voltou. Mandou chamar os empregados, aos quais havia dado o dinheiro, a fim de saber quanto cada um havia lucrado. O primeiro chegou e disse: “Senhor, as cem moedas renderam dez vezes mais”. O homem disse: “Muito bem, servo bom. Como foste fiel em coisas pequenas, recebe o governo de dez cidades”.

O segundo chegou e disse: “Senhor, as cem moedas renderam cinco vezes mais”. O homem disse também a este: “Recebe tu também o governo de cinco cidades”. Chegou o outro empregado e disse: “Senhor, aqui estão as tuas cem moedas que guardei num lenço, pois eu tinha medo de ti, porque és um homem severo. Recebes o que não deste e colhes o que não semeaste”. O homem disse: “Servo mau, eu te julgo pela tua própria boca. Tu sabias que eu sou um homem severo, que recebo o que não dei e colho o que não semeei. Então, por que tu não depositaste meu dinheiro no banco? Ao chegar, eu o retiraria com juros”. Depois disse aos que estavam aí presentes: “Tirai dele as cem moedas e dai-as àquele que tem mil”.

Os presentes disseram: “Senhor, esse já tem mil moedas!” Ele respondeu: “Eu vos digo: a todo aquele que já possui, será dado mais ainda; mas àquele que nada tem, será tirado até mesmo o que tem. E quanto a esses inimigos, que não queriam que eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui e matai-os na minha frente”. Jesus caminhava à frente dos discípulos, subindo para Jerusalém.


Comentário: Jesus queria ensinar a seus discípulos que não deviam esperar um triunfo imediato do Reino. Usando uma parábola, ele faz três afirmações: irá afastar-se durante um tempo; os discípulos passarão por um tempo de prova, devendo cumprir a tarefa recebida; só no final dos tempos ele voltará para julgar a todos. É nessa situação que vivemos, e iremos prestar contas de nossas atitudes.

Oração: Senhor, apesar de tanta coisa ao meu redor, eu creio que sois nosso Salvador. Sem vos ver, ajudado apenas pela fé, tento viver como ensinastes. Ajudai-me a cumprir a minha missão, e a fazer render os dons recebidos. Quero que sejais meu Senhor; entrego-me totalmente a vós. Guiai meus passos no caminho do bem. Fazei que vos seja fiel até virdes pedir-me conta de minha vida. Amém.

Nenhum comentário: