Palavra de Deus. Graça e luz em sua vida!

“Anunciar o Evangelho não é glória para mim; é uma obrigação que se me impõe. Ai de mim, se eu não anunciar o Evangelho!” [1Corintios 9 ,16] "Curta" a Página Deus em Minha Casa! https://www.facebook.com/DeusEmMinhaCasa

Anúncio do nascimento de Jesus

Domingo
08 de Dezembro de 2013

Evangelho: (Lc 1,26-38)

Quando Isabel estava no sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, a uma virgem prometida em casamento a um homem de nome José, da casa de Davi. A virgem se chamava Maria. O anjo entrou onde ela estava e disse: “Alegra-te, cheia de graça! O Senhor está contigo”.

Ela perturbou-se com estas palavras e começou a pensar qual seria o significado da saudação. O anjo, então, disse: “Não tenhas medo, Maria! Encontraste graça junto a Deus. Conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus. Ele será grande; será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai. Ele reinará para sempre sobre a descendência de Jacó, e o seu reino não terá fim”.

Maria, então, perguntou ao anjo: “Como acontecerá isso, se eu não conheço homem?” O anjo respondeu: “O Espírito Santo descerá sobre ti, e o poder do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra. Por isso, aquele que vai nascer será chamado santo, Filho de Deus. Também Isabel, tua parenta, concebeu um filho na sua velhice. Este já é o sexto mês daquela que era chamada estéril, pois para Deus nada é impossível”.

Maria disse: “Eis aqui a serva do Senhor! Faça-se em mim segundo a tua palavra”. E o anjo retirou-se de junto dela.


Comentário: Maria percebeu que o anjo lhe trazia mensagem especial de Deus, e sabia que Deus costuma mandar-nos mensagens desafiadoras. Por isso teve medo, sem saber para onde ele a estaria levando. O anjo tranquilizou-a. Não devia ter medo, porque o Senhor lhe tinha amor, agradou-se dela, e a queria toda para si. Por maiores que sejam os desafios de Deus, podemos estar tranquilos, porque os seus são sempre desafios de amor. Nunca nos irá prejudicar nem fazer sofrer propositadamente. Podemos tranquilamente repetir as palavras do Pai nosso “seja feita a vossa vontade”, sem medo, porque ele só quer nosso bem. E esse bem só poderá ser impedido por nós mesmos, por nossa falta de confiança e generosidade, por querer assumir o comando autônomo de nossa vida. Façamos nossa a oração de Maria: “realize-se em mim vossa vontade!”.

Oração: Senhor, eu vos bendigo pelo amor que tivestes por Maria, por tudo de bom que lhe destes, por todo o amor e por toda a graça que pusestes em seu coração de mulher. É muito bom saber que pelo menos uma de nós viveu a perfeição natural e sobrenatural que imaginastes para nós humanos. Hoje quero alegrar-me com Maria, com sua felicidade e alegria. Vendo como se entregou completamente em vossas mãos, eu vos peço que me deis um pouco de sua generosidade e de sua entrega humilde. Ajudai-me a caminhar sempre iluminado pela fé, sem muita clareza das coisas, mas sabendo que tudo orientais para nosso bem. Nada preciso temer, porque me amais, e cuidais de mim muito melhor do que eu o poderia fazer. Amém.

Nenhum comentário: