Palavra de Deus. Graça e luz em sua vida!

“Anunciar o Evangelho não é glória para mim; é uma obrigação que se me impõe. Ai de mim, se eu não anunciar o Evangelho!” [1Corintios 9 ,16] "Curta" a Página Deus em Minha Casa! https://www.facebook.com/DeusEmMinhaCasa

Jesus cura um paralítico

Segunda-Feira
09 de Dezembro de 2013

Evangelho: (Lc 5,17-26)

Um dia estava ele ensinando. Ao seu derredor estavam sentados fariseus e doutores da lei, vindos de todas as localidades da Galileia, da Judeia e de Jerusalém. E o poder do Senhor fazia-o realizar várias curas. Apareceram algumas pessoas trazendo num leito um homem paralítico; e procuravam introduzi-lo na casa e pô-lo diante dele. Mas não achando por onde o introduzir, por causa da multidão, subiram ao telhado e por entre as telhas o arriaram com o leito ao meio da assembleia, diante de Jesus. Vendo a fé que tinham, disse Jesus: "Meu amigo, os teus pecados te são perdoados".

Então os escribas e os fariseus começaram a pensar e a dizer consigo mesmos: "Quem é este homem que profere blasfêmias? Quem pode perdoar pecados senão unicamente Deus?" Jesus, porém, penetrando nos seus pensamentos, replicou-lhes: "Que pensais nos vossos corações? Que é mais fácil dizer: Perdoados te são os pecados; ou dizer: Levanta-te e anda? Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem na terra poder de perdoar pecados (disse ele ao paralítico), eu te ordeno: levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa". No mesmo instante, levantou-se ele à vista deles, tomou o leito e partiu para casa, glorificando a Deus. Todos ficaram transportados de entusiasmo e glorificavam a Deus; e tomados de temor, diziam: "Hoje vimos coisas maravilhosas".


Comentário: Os amigos esperavam que Jesus curasse o paralítico. Talvez tenham ficado um pouco decepcionados quando ele disse “teus pecados estão perdoados”. No entanto, o Mestre fazia muito mais do que pediam: libertava o homem da morte do pecado. Não apenas perdoava ofensas, mas lhe restituía a vida e a esperança, livrando-o do orgulho e do egoísmo. E podia fazê-lo porque era Deus.

Oração: Senhor Jesus, estou diante de vós como aquele paralítico: impotente, sem defesa. Por mim mesmo não me posso libertar do pecado. Preciso de vós, preciso de vossa misericórdia. Não permitais que de novo me entregue à escravidão do pecado. Curai-me de minhas misérias, das grandes e das pequenas, para que possa continuar a caminhar convosco na verdade e na esperança. Amém.

Nenhum comentário: